Deixem-me falar-vos sobre perda.

Este post era algo que eu não queria escrever tão cedo. Daqueles que “quanto mais tarde melhor”. Mas preciso falar sobre isso. Ou escrever sobre isso. Porque falar é difícil sem que a voz me embargue. Perdi, há pouco tempo, o meu padrinho. Não vivemos uma vida onde tivéssemos tido grande contato, por uma diversidade…